Imprensa

Share page on

CARE Brasil orienta empreendedores de Barro Alto e Souzalândia na montagem do próprio negócio

Com apoio da Anglo American, ONG oferece cursos, oficinas e acompanhamento técnico aos futuros empresários

Quem sonha em abrir o próprio negócio tem encontrado na CARE Brasil o parceiro ideal. A ONG, que atua em Barro Alto e Souzalândia com o apoio da Anglo American, têm capacitado os microempreendedores, por meio de cursos, mini-cursos e oficinas. Uma série de outros empreendedores procurou a CARE para saber mais a respeito de gestão empresarial, formalização e crédito direcionado ao pequeno empreendedor e hoje são protagonistas de histórias de sucesso.

Este é o caso de Elizabeth Rainha de Jesus, do Assentamento Santa Fé, que, por meio de um conhecimento adquirido numa capacitação do SENAR, começou a produzir sabonetes artesanais. Desde então, ela passou a ser acompanhada de perto por técnico da ONG, que orientou quanto ao cálculo do custo do produto, qualidade e estratégias de promoção de vendas. Com isso, a empreendedora vem conseguindo lançar seu produto no mercado e, o mais importante, gerar uma fonte de renda fundamental para o sustento de sua família.

Marcela Crisóstomo, que trabalha com costura e bordados, também solicitou a orientação da CARE em como acessar um financiamento para investir em capital de giro e incrementar sua atividade. Ela recebeu orientação quanto a formalização de seu negócio, gestão de sua atividade e solicitação do crédito, que já está, inclusive, em andamento.

Oportunidades de aprender

No último semestre, a CARE realizou diversos cursos em Barro Alto, Souzalândia, Santo Antônio da Laguna e Santa Rita do Novo Destino. Foram três mini-cursos de gestão, que atenderam ao todo 30 microempreendedores, em sua grande maioria mulheres.

Em Santa Rita do Novo Destino, vem sendo realizado o acompanhamento do grupo de mulheres Aromas do Cerrado. Até agora, foram sete capacitações, voltadas especificamente para o cálculo do custo do produto, formação do preço de venda e estratégias de marketing. Em dezembro, elas aprenderam também a produzir sabonetes líquidos, shampoos e condicionadores utilizando insumos do Cerrado.

Em parceria com a Secretaria Estadual de Indústria e Comércio, foi realizado o curso “Plano de Negócios para Empreendedores”. Foram cerca de 70 participantes, que, além de acumular conhecimento, se credenciaram para obter recursos com linhas especiais de microcrédito.

"Os pequenos empreendedores de Barro Alto estão descobrindo como a adoção de boas práticas de gestão pode ser determinante no seu acesso a mercados e, consequentemente, no sucesso de sua atividade. A CARE se coloca a disposição nesse processo por entender que o êxito dos pequenos negócios são fundamentais para proporcionar dinamização da economia local, principalmente em Barro Alto, que vem passando por um crescimento acelerado nos últimos anos”, destaca o analista de Programa da CARE, Luiz Cláudio Santos.

Diferencial para liberação de crédito

Quem participar de cursos específicos oferecidos pela CARE, em parceria com a Secretaria de Indústria e Comércio do Estado de Goiás, fica credenciado para acessar uma linha de crédito de baixo custo voltada ao pequeno empreendedor e subsidiada pelo Estado. A CARE é, inclusive, a responsável por orientar os futuros empresários sobre este benefício, receber as propostas e funcionar como um ponto de apoio da GoiásFomento na região.

Em dezembro, o superintendente do Banco do Povo, Osmar Antônio de Moura, visitou a CARE e indicou que o governo estadual pretende retomar as atividades do programa em Barro Alto, em uma parceria com ONG. Assim, a expectativa é que a comunidade tenha mais acesso aos seus serviços oferecidos pelo Banco do Povo.