Imprensa

Share page on

Mais de 11 mil pessoas já foram capacitadas na área de educação sexual pela Anglo American e ONG Reprolatina

Parceria contribui para conscientização da população dos municípios mineiros de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim
A Anglo American, um dos maiores grupos de mineração do mundo, em parceria com a ONG Reprolatina – Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva, já capacitou na área de educação sexual, de agosto de 2010 até o momento, mais de 11 mil pessoas, entre empregados e a população das comunidades de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim, municípios do Estado de Minas Gerais, onde a empresa implanta o Projeto Minas-Rio.
 
O objetivo do projeto é conscientizar as pessoas e formar multiplicadores do conhecimento para contribuir com a redução dos índices de DSTs e AIDS e gravidez na adolescência. Além disso, o programa também busca incentivar a população a fazer o teste anti-HIV para que seja feito o diagnóstico precoce e agilizado o tratamento.
 
A parceria da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American com a Reprolatina foi iniciada com a criação do Programa Empoderamento e tem como foco cinco públicos-alvos: profissionais de saúde, empregados Anglo American e terceirizados, educadores, adolescentes e comunidades (líderes comunitários). No curso de capacitação, com duração de 120 horas, os participantes recebem atualização em DSTs e HIV/AIDS e gravidez na adolescência,  sobre  a importância do uso da camisinha, risco de doenças, gravidez na adolescência e outros temas relacionados à educação sexual e reprodutiva. Além disso, discutem a política nacional de DST e saúde reprodutiva do Ministério da Saúde.
 
Dentre as mais de 11 mil pessoas capacitadas, há médicos, psicólogos, assistentes sociais e professores que atuam em Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim, em Minas Gerais. “Com o projeto, foram registradas melhorias no atendimento à política nacional de saúde sexual e reprodutiva, na disponibilidade de métodos anticoncepcionais, incluindo acesso a camisinha e anticoncepção de emergência. A partir de 2012, será possível mensurar os índices de DSTs e AIDS nas cidades, com a conclusão de alguns estudos iniciados este ano”, destaca o  coordenador de saúde do Projeto Minas-Rio, da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, João Massahud.
 
Além do curso de capacitação, já foram realizadas campanhas para prevenção de DSTs, pelo fim da violência contra a mulher e oficinas educativas com empregados da Anglo American, empresas terceirizadas, estudantes e mulheres das comunidades. Também foram feitas pesquisas com os jovens com foco na área sexual e reprodutiva.
 
Continuidade em 2012
Para 2012, o programa já prevê ações diferenciadas. Será realizada a capacitação de médicos que atuam nos três municípios para que eles possam se qualificar na cirurgia de vasectomia. Um fórum de atualização sobre DSTs e AIDS, assim como gravidez indesejada, já está incluído na programação, além de uma jornada de atualização em anticoncepção para médicos e enfermeiros. Por fim, também está no cronograma de ações a realização de uma pesquisa nas escolas dos três municípios e um encontro de adolescentes (aproximadamente 200 participantes em cada município) para que eles possam ter acesso a informações sobre educação sexual.
 
De acordo com Massahud, os jovens, após capacitados, têm contribuído com a conscientização de amigos e familiares e já até criaram um blog para divulgar ações do programa e informar sobre a prevenção de DSTs e AIDS.
 
Antes de dar início à capacitação em 2010, a Reprolatina realizou um diagnóstico de saúde com ênfase em saúde sexual e reprodutiva nas unidades de saúde dos três municípios. “A pesquisa contribuiu para que o atendimento à população fosse avaliado e proposto melhorias. Com isso, foi possível dar início às ações para facilitar o acesso a informações e também a métodos contraceptivos”, destaca Massahud.
 
A Reprolatina presta consultoria a secretarias municipais de saúde e capacita principalmente profissionais da área de saúde e líderes comunitários, selecionados pelo órgão municipal de saúde, na área de educação sexual. O Empoderamento, fruto da parceria com a Anglo American, atende o Programa Nacional de DSTs e AIDS, do Ministério da Saúde.
 
Sobre o Projeto Minas-Rio
 
Principal projeto mundial da Anglo American no mundo, o Minas-Rio está em fase de obras. A empresa investe cerca de US$ 5 bilhões na sua implantação para atingir a capacidade de produção de 26,5 milhões de toneladas anuais de minério de ferro e abastecer o mercado externo a partir do segundo semestre de 2013. O Minas-Rio inclui uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais; o maior mineroduto do mundo com 525 km de extensão e que atravessa 32 municípios mineiros e fluminenses; e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, no qual a Anglo American é parceira da LLX com 49% de participação, localizado em São João de Barra (RJ).
 
Sobre a Anglo American
A Anglo American plc. é uma das maiores companhias de mineração do mundo, com sede no Reino Unido e ações negociadas nas bolsas de Londres e Joanesburgo. Seu portfólio de negócios abrange commodities de alto volume – minério de ferro e manganês, carvão metalúrgico e carvão mineral; metais básicos – cobre e níquel; e metais e minerais preciosos – no qual é líder global em platina e diamantes, entre outros produtos.
 
A Anglo American adota os mais altos padrões de segurança e responsabilidade em todos os seus negócios e localidades e promove o desenvolvimento sustentável nas comunidades próximas às suas regiões de atuação. As operações e projetos de mineração da empresa estão localizados na África do Sul, América do Sul, Austrália, América do Norte e Ásia.
 
A empresa atua no Brasil desde 1973 e hoje está presente no País com quatro negócios: Minério de Ferro, com a operação do Sistema Amapá em Pedra Branca do Amapari e Minas-Rio, o maior projeto de exploração de minério de ferro em desenvolvimento no mundo; Níquel, com operações nas cidades de Barro Alto e Niquelândia, em Goiás; Fosfato (Copebrás), com as operações nos municípios de Ouvidor (GO), Catalão (GO) e Cubatão (SP), e Nióbio, presente nos municípios de Catalão e Ouvidor, em Goiás.