Imprensa

Share page on

Anglo American recebe grupo africano de estudos em Aids

Missão com integrantes de Botswana, Quênia e Tanzânia conhecerá ações da empresa quanto à prevenção do HIV no trabalho

A mineradora Anglo American recebe hoje a visita de uma equipe de pesquisadores africanos, membros dos governos de seus países, que desenvolvem estudo acerca da Aids no local de trabalho. A convite do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, o grupo veio ao Brasil conhecer as atividades preventivas realizadas pelos setores público e privado quanto à transmissão do vírus HIV em ambientes profissionais e também em relação a populações móveis, bem como promover uma troca de experiências entre o Brasil e Países Africanos que contribuam com o  desenvolvimento de políticas e ações para conter a epidemia nesses países.

 

A Anglo American foi uma das empresas escolhidas como local de visita para o estudo pelo reconhecido trabalho que implementa na prevenção à Aids e DSTs como parte de sua política de responsabilidade social. A companhia foi uma das primeiras a desenvolver uma ampla estratégia de conscientização e prevenção com o objetivo de minimizar a contaminação entre seus empregados. A Anglo American produz ainda materiais educativos para orientar populações do entorno de suas atividades quanto a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, entre muitas outras ações.

 

O grupo também visitou o Conselho Empresarial Nacional para Prevenção ao HIV/AIDS (CENAIDS), do qual a Anglo American é parceira. Na visita à Anglo American, o grupo realiza um encontro com a equipe de Desenvolvimento Sustentável da mineradora, com uma apresentação de suas atividades de prevenção e conscientização, na parte da manhã. Em seguida, a equipe africana, composta por profissionais de Botswana, Quênia e Tanzânia, segue para outros locais em São Paulo que realiza trabalhos semelhantes, antes de encerrar sua missão no Brasil.